terça-feira, 15 de março de 2011




Meus sonhos se apagaram junto com suas mentiras, tentarei agora ser mais esperta e diferenciar ficção de realidade. Puro disperdicio! O tempo matará tudo que ainda resta de você em mim. Flutuarei nas tentativas e mergulharei nas possibilidades. Meu coração aflito encontrará refugio, tudo voltará a ser mais ajustavel .. Esquecendo a ausência dos abraços e perdendo- me naquilo que pensei que um dia você fosse. É assim que eu termino.

segunda-feira, 14 de março de 2011


E quanto mais eu fujo, mais eu me aproximo. Fecho minha vida para felicidades complexas, tentando encontrar nos céus aqueles desenhos ao qual imaginava. Talvez não queria mais me ouvir, e as lagrimas escorrem dos meus olhos, só com o vento a ranger la fora. No fundo, as promessas fogem das maos e perco-me no infinito de espinhos, procurando saidas por todos os lados, indesiçoes .. Minha mente revoltou-se contra mim e resgatou das cinzas aquilo que parecia ter morrido. Vejo o que não deveria ver, busco o que não deveria encontrar, mas talvez isso seja consideravel. Então enganarei meu coração e continuarei me perdendo nas palavras.

sábado, 12 de março de 2011

Parceira

Char: Algumas tentativas já não servem, algumas feridas não cicatrizam e cada vez eu mergulho mais nesse buraco. As vezes tento mudar o que meu eu se tornou com o tempo, arrancando tudo que um dia se fez eterno, paro e penso num passado não ajustável, que querendo ou não, fez os laços transparecerem. Um minuto as vezes faz doer, mais a frequência continua a mesma

Natasha: Mesmo que a frequência continue a mesma acabamos nos acostumando com a dor, somos seres adaptáveis, e depois de um tempo ninguém mais se importa com a dor, mergulhar no buraco é um incentivo pro erro, mas algumas pessoas não nos deixam errar, mesmo que seja humano

Char: Ainda não conseguir aprender, mesmo depois de todos os pulos e quedas .. O que há dentro de mim precisa adormecer, prefiro então mudar as lentes e silenciar, encurtar os passos e observar a distancia. Deparar com as borboletas e com a musica que existe dentro de mim

Natasha: Sinta o que eles tem pra oferecer e roube o que eles se esforçaram para conseguir, não pule, assim você não cairá, não durma, assim você estará atenta a vida, faça da musica sua arma mais forte e não conte seus segredos a pessoas q se dizem boas, conte para as más.

Char: Nessas idas e vindas, minhas lágrimas andas arrastadas, sufocando-me no silencio. Dai resolvo levantar e fechar as cortinas, parar as horas e fechar os olhos, porque o que me amedronta não e a minha franqueza e sim minha fragilidade.

Natasha:Não tenha medo, ainda que as lágrimas invadam você, e mesmo que todos se virem contra ti, ainda haverá saída, e tempo, abra sua mente e tranque seu coração, suas fraquezas não ficaram expostas se você não expor, que se dane o mundo enquanto eu tento buscar o que é meu.
Ao amanhecer, os sonhos parecem acabar, e assim que abro os olhos, vejo o mundo real a minha frente. O silêncio que me peito guarda afligi-me e minha alma se perde no calar das estradas. Meu coração partiu-se com o fechar das portas e as janelas foram tudo que me restarmam, por favir deixe-as abertas para quem quiser olhar. Talvez assim um dia, encontre o caminho eterno, ou não! Tudo encontra-se como um fio, onde tudo me traz para mais perto, mais dentro. O universo lá fora agora não é o que interessa, olhe em mim, refaça-me! Mas não me machuque, cure o que o tempo me fez e mate essa saudade.. Pois você é o único que pode trocas as lágrimas por sorrisos.

terça-feira, 1 de março de 2011

Pensamentos confusos ;s

Queria poder parar de pensar só um minuto, parar de tentar te ver, imaginar planos para um futuro que não saberei se irá existir...com toda via, desejo anciosamente por cada momento ao seu lado, cada sorriso, olhar, carinho, se isso realmente existe? não sei! mais tudo que vejo é que minha saída está ao seu lado, e se nessa dura e longa caminhada surgem questões? como responder a um pedido desconcertante de “não me ame”, “não se apegue a mim” quando toda aquela muralha que rodeava meu mundo está diante aos seus pés...como saber se isso será verdade ou somente um sonho?Nada mais importa, apenas quero acordar e te ver ao meu lado.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011


Talvez nunca consiga aquietar essa inquietude. Talvez ondas, mares e pedras sejam demais para eu pular. Talvez tenha muito de mim em você, em qualquer lugar. Tudo aquilo que é invisível e sensível aos olhos, o meu coração sente. Ao contrario de você, tenho tentando sustentar essas paginas por muito tempo. Diferente do que eu há, será menos do que sinto. Espero um dia encontrar a saída, desse labirinto sem fim. E o que restaram dos sorrisos, foi só um passo a frente.

domingo, 23 de janeiro de 2011


É, as coisas podem ser diferentes um dia, pessoas podem se tornar desnecessárias e outras podem tomar lugares que não deveriam. O coração as vezes é traiçoeiro, faz a vida dela virar de cabeça pra baixo em poucos segundos, chances jogadas ao ar e sentimentos desperdiçados. O amor pode um dia acabar? Pulando a pagina quando tinha um mundo de saudades guardado no peito? Por alguma razão maior do que ela se tornaram ausentes, tendo que arrancar aqueles planos que um dia sonhara. Assim o futuro dela nasceu pra perder-se do seu, escondendo gritos fechando-se no silêncio. Quando ela acorda e deita, lembra e esquece do sorriso na cama. Guarda as palavras em seu interior e reserva-se no horizonte onde tudo é feito de matéria cinza e sem poesia. O amor não consegue morrer, porém, também não consegue dizer que vive, que ainda vive dentro dela .

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

No auge do meu silêncio eu te digo: ' É você a referência que tenho quando penso em querer alguém, é do teu olhar carinhoso e atencioso que preciso pra me sentir protegida e é na tua mania de simplicidade que vejo minha vida se descomplicando um pouco. Eu queria me enche de você amor, queria que essa história deixasse de ser só minha e virasse nossa.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Você já parou pra pensar

... que a felicidade pode estar bem pertinho de você? Que tem uma garota que é simplesmente louca, boba, apaixonada que faria até mesmo o impossível pra te ter por alguns míseros segundos? Que insiste em você? Que se preocupa? Que fica carente quando você se ausenta? Não? Então pensa, pensa que o modo que você age tentando enciúma - lá não é legal e também não faz bem, pelo contrário ela chora. Pensa nas palavras frias, pensa no que ela é obrigada a aguentar por você ser um garoto de fazes. E antes de critica-la, reveja suas atitudes. Que na real não são boas, ou sera que é isso mesmo que você quer, lágrimas de quem te ama?

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Escrevo no tempo para contrariar as despedidas e os adeuses que custam em findarem nossa historia. Reescrevo esse amor para salva-lo daquilo que mais me doí lembrar. E na leveza desse coração, começando assim a pulsar sozinho. Ele da ré ao sentir esse amor correndo ao contrario, para mais longe o possível de mim sem se importar, sem pausas e nem virgulas. com um únicoponto. O fim!

terça-feira, 4 de janeiro de 2011


Certamente eu começo a escrever isso com ódio que eu sinto aqui dentro de mim, como você pode fazer isso comigo, logo comigo a quem você dizia amar tanto? Como eu pude me deixar levar assim? Eu sou muito otaria mesmo, eu nunca quis enxergar que isso não daria certo. Mas você preferiu me matar, sem pena, um animal por sinal. Quanto amor agora jogado pro espaço, sem um mínimo sinal de arrependimento. Eu queria que me procurasse, mas acho que não estou pronta, talvez a ficha ainda não tenha caído e eu sinto que esse desespero quando resolver transparecer vai ser fatal.Você foi o culpado de tudo. Um dia vai olhar pra traz e ver o perdeu.